Hex - Logo

Soluções em gestão
para empresas públicas com ênfase no atendimento

CONHEÇA NOSSAS SOLUÇÕES

Notícias

Volte às aulas com uma melhor capacidade de concentração

28 de Janeiro de 2020

É comum afirmar que, ao pensar em potencial pessoal, a faculdade mais poderosa de nossa mente é a capacidade de manter o foco. E para que seja possível tirar um melhor proveito desse poder, basta um pouco de prática e esforço, para auxiliar na melhora da capacidade de concentração e foco.

Nesse raciocínio, a mente tende a funcionar da mesma máxima que os nossos músculos, onde quanto mais trabalharmos suas capacidades, mais forte tende a ficar. Em muitos casos, este não é um objetivo fácil de ser alcançado, o que requer um esforço consciente, para eliminar os maus hábitos e então desenvolver hábitos mais benéficos.

Avalie sua capacidade de concentração

Antes de começar a melhorar sua capacidade de concentração, é preciso avaliar o seu estado atual, a partir de alguns questionamentos básicos, como: Você sonha acordado enquanto trabalha em alguma tarefa importante? Comumente perde o fio da meada durante o trabalho e necessita recomeçar? Tem dificuldade para esquivar de distrações?

Caso as suas respostas automáticas sejam afirmativas a estas perguntas, talvez seja o momento de melhorar sua capacidade de concentração.

O primeiro passo pode parecer óbvio, entretanto eliminar as distrações é essencial para melhorar a capacidade de concentração. O maior obstáculo nesse caso, é a falta de consciência sobre a quantidade de distrações que estão ao seu redor.

O foco neste momento está em localizar as fontes de distração para que seja possível minimizá-las. É preciso ter em mente, que nem todas as distrações são externas, e que em alguns casos, os ruídos e as interrupções ambientais podem ser mais fáceis de controlar do que os problemas da mente, por exemplo. Tal qual o esgotamento, a preocupação, a ansiedade, a falta de motivação e dentre outras perturbações internas que tornam-se incômodos e persistentes.

Na tentativa de minimizar as distrações internas, separe momentos dedicados a lidar com o cansaço. Vale também utilizar pensamentos e afirmações positivas, principalmente para combater a ansiedade e a preocupação.

Descansos breves e resultados duradouros

Ao realizar descansos muito breves, onde desviasse a atenção para outro lugar, podemos melhorar o foco. Adicionar momentos de distração em meio às atividades requer muita concentração, e desse modo, na verdade, estaremos auxiliando o nosso foco a se manter.

É importante que em nossa agenda existam os momentos de trabalho, porém também ocasiões nos quais podemos ficar livres e descansar, parando de exigir da nossa atenção um foco constante.

A prática auxilia na melhora da capacidade de concentração

O foco mental pede um tempo para se recuperar por completo. Sempre haverá uma margem para melhorar a capacidade de concentração que possuímos. Em uma primeira etapa, é preciso reconhecer o impacto que a distração tem, agindo como fonte de esgotamento.

Alterando o estímulo no qual dedicamos o nosso foco, descobriremos a possibilidade de manter um nível de atenção durante muito mais tempo a longo prazo.

Vale ressaltar, que para manter uma capacidade de foco saudável é preciso prestar atenção também em outros fatores, como a alimentação e a qualidade do sono, por exemplo. É fundamental avaliar os elementos que possuem influências diretas ou indiretas na capacidade de concentração e assim perceber como a mente ganha agilidade e produtividade.

O ideal é consultar um psicólogo para compreender de maneira eficaz como melhorar a capacidade de foco, de acordo com as suas necessidades específicas.

Galeria de Imagens


Outros posts recentes

  • 15 de Junho de 2021

    3 HÁBITOS QUE PREJUDICAM SUA POSTURA

    Saiba mais >
  • 18 de Maio de 2021

    COMO FUNCIONA A DOAÇÃO DE ELEITE HUMANO PARA AMAMENTAÇÃO

    Saiba mais >
  • 15 de Março de 2021

    A IMPORTÂNCIA DAS VACINAS NA SAÚDE DAS MULHERES

    Saiba mais >
  • 10 de Fevereiro de 2021

    CHECK-UP NA TERCEIRA IDADE: OS EXAMES ESSENCIAIS PARA CUIDAR DA SAÚDE

    Saiba mais >