Hex - Logo

Soluções em gestão
para empresas públicas com ênfase no atendimento

CONHEÇA NOSSAS SOLUÇÕES

Notícias

A VACINA DO HPV NO COMBATE AO CÂNCER DO COLO DO ÚTERO

6 de Outubro de 2020

O papilomavírus humano, mais conhecido como HPV é o causador do câncer do colo do útero, o terceiro tipo de câncer que mais mata mulheres no mundo. E contra este inimigo, a prevenção primária através da vacina do HPV é a forma mais eficiente para o não desenvolvimento desta doença.

Diante da grande eficiência apresentada, a vacinação contra o HPV foi incluída no calendário do Ministério da Saúde e tem como grupo etário alvo os jovens entre 9 a 14 anos, sendo recomendada antes do início da vida sexual. Sua importância é tão grande que a meta de vacinação, segundo dados do INCA (Instituto Nacional do Câncer) é de alcançarmos 80% da população e assim obtermos menores taxas de desenvolvimento de quadros cancerígenos relacionados ao papilomavírus.

Para adultos e crianças, sejam homens ou mulheres, a imunização é uma forma segura de quebrar o ciclo de contaminação, sendo hoje a vacina tetravalente indicada contra os subtipos 6, 11, 16 e 18 do HPV. Quando falamos nos impactos deste vírus, os dois primeiros causam verrugas genitais e os dois últimos são os responsáveis por cerca de 70% dos casos de câncer do colo do útero.

Vale lembrar que a imunização não descarta o exame periódico e preventivo (Papanicolaou), pois se trata de uma medida conjunta e preventiva deste câncer, pois ainda existem os subtipos oncogênicos do HPV, ainda não passíveis de prevenção.

Se você busca saúde, comece pela prevenção e conte com a nossa clínica de vacinação nesta missão.

Galeria de Imagens


Outros posts recentes

  • 15 de Junho de 2021

    3 HÁBITOS QUE PREJUDICAM SUA POSTURA

    Saiba mais >
  • 18 de Maio de 2021

    COMO FUNCIONA A DOAÇÃO DE ELEITE HUMANO PARA AMAMENTAÇÃO

    Saiba mais >
  • 15 de Março de 2021

    A IMPORTÂNCIA DAS VACINAS NA SAÚDE DAS MULHERES

    Saiba mais >
  • 10 de Fevereiro de 2021

    CHECK-UP NA TERCEIRA IDADE: OS EXAMES ESSENCIAIS PARA CUIDAR DA SAÚDE

    Saiba mais >